blog-siga-em-frente-vidas-partilhadasNa Praça da Matriz, comecei a pensar em quantas histórias foram escritas naqueles bancos.

Quantos casais não firmaram compromisso debaixo daquelas árvores.

Quantas promessas feitas. Quantos sonhos.

Quantas histórias compartilhadas entre amigos, que ali passearam sem pressa.

Naquele instante, notei que um casal de senhores conversava, alheios ao mundo, com uma leveza e tranquilidade contagiantes.

É tão bom perceber que ainda existem amizades que atravessam gerações e ultrapassam os limites.

É tão bom saber que ainda existem casais que preservam o respeito e a alegria em estar junto, mesmo depois de tantos anos.

Percebi o quanto ter amigos faz com que nossa vida seja completa.

Penso em como seria triste não ter para quem contar uma história engraçada, ou ainda com quem relembrar um fato marcante de anos atrás.

Que estranho seria não ter com quem compartilhar nossas vitórias e também nossas derrotas.

Bom mesmo seria se todos nós pudéssemos ter a sorte de encontrar amigos. Não esses, que apenas servem para sentar numa mesa de bar. Mas, aqueles que deixariam uma roda de samba por você, para estar ao seu lado. Desses que te oferecem o ombro, quando os seus já estão cansados.

Sorte daqueles que encontram em seu parceiro ou parceira um verdadeiro elo de amizade. Uma parceria que vai além da cama, e das noites badaladas.

Sorte daqueles que tem alguém capaz de segurar suas mãos, quando pensa em desistir. Que te oferece o colo, o tempo e a vida.

Sorte daqueles que tem alguém que o impulsione a ser melhor, capaz de dar aquele puxão de orelha que ninguém nunca teve a coragem de fazer, mas que fez toda diferença na sua vida.

Que se alegra com suas conquistas, que larga o que preciso for para te ouvir, mesmo que não entenda, mesmo que não concorde.

Que te aceite com seus pequenos exageros e manias.

Bom mesmo é ter alguém que te enxerga além da superfície. Que te reconhece pelo tom da sua voz e não pelo o que diz. Que mesmo não sabendo aquilo que te fere, se faz presente.

Anúncios