Tenho construído o hábito de conversar com Deus. Mas não apenas isso. Tenho, principalmente, aprendido a ouvir suas respostas. A perceber os milagres que estão ao meu redor o tempo todo.
Certa vez, ao procurar refúgio em Suas palavras, pude ouvir com todas as letras quando me disse para entregar em Suas mãos tudo aquilo que eu não conseguia resolver sozinha. Para que eu retirasse os espinhos que machucavam meu coração e entregasse minhas mágoas para que Ele tomasse conta por mim.
Confesso que foi a primeira vez que realmente percebi uma resposta sua, e ao lembrar esse episódio, meus olhos e coração se enchem de emoção.

Aprendi que não devemos nutrir raiva ou mágoa por aquela pessoa que nos fez ou faz mal.

Por mais difícil que isso possa parecer,  só afetará a nossa saúde e a nossa vida como um todo. Nada, acreditem, nada acontecerá com a pessoa em questão. Pelo menos não agora.
A vida se encarregará de ensinar, não você.
Não se rebele contra a vida quando ela te apresentar algum desafio. Não deixe de ter fé, mesmo que tudo a sua volta te mostre o contrário.
Aprenda a arte de entregar a Ele.
Se você, na sua humilde condição de Ser Humano acredita ser impossível perdoar alguém, não se desespere e nem tente ir contra a sua natureza. Não agora. Apenas reze por essa pessoa. Peça a Deus que tenha misericórdia e cuide de tudo por você. E se afaste. Um dia, você perceberá que aquilo que tanto te machucou, já não tem mais poder sob sua vida.
Aceite que o Ser Humano é falho. Todos nós temos defeitos. Com alguns, será possível conviver. Já com outros, não. Não force a barra.
Nem todos pensarão e agirão conforme nós acreditamos ser correto. Não tente mudar isso. Não está em suas mãos controlar o comportamento dos outros.
Liberte-se da necessidade de controlar tudo e todos a sua volta. Encontre a paz que há dentro de você, não fora.
Ninguém, absolutamente ninguém, tem o poder de tirar a sua paz, a menos que você permita.
Já parou para analisar o significado do ressentimento? Quando você alimenta o ressentimento, está, na verdade, sentindo de novo, revivendo aquela emoção negativa o tempo todo.
Sinto te informar. Isso não a levará a nada. Simplesmente pare com isso. Agora.
Viva a sua raiva, a sua tristeza, a sua decepção. Mas não viva essa lamentação eternamente. Sofra tudo o que há para sofrer e, simplesmente, siga em frente.
Perceba que você tem muito mais a agradecer. Muito mais motivos para celebrar do que para sofrer. Você é muito mais forte do que isso. Você tem Deus ao seu lado e, sendo assim, quem será contra?

Anúncios